quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Despedidas

Todos os dias eu digo: - este é o último!
e recomeço pelo beijo da despedida...

Ensaio um adeus definitivo, te digo um monte de desaforos,
mas você ri, esse teu riso de menino e eu não sei mais onde deixei meu texto pronto,
meu rumo, meu destino.

Somos muito parecidos, por isso - adeus!
estou indo para nossa cama agora.

Chega! Agora eu ponho um ponto final neste nosso filme passional.
Muito dramático?  Então que tal um ponto e vírgula?  Uma vírgula?  
E um travessão?

Te deixo todos os dias desperdício.
Depois, escondida, vou ler teus versos escritos em tuas páginas em branco.

4 comentários:

lis disse...

Muito romântico e lindinho sua cronica ,Cynthia.
Tantas vezes despedimos de alguma coisa ... mas esquecemos do ponto final .
Parabéns
bom dia e abraço

Cynthia Lopes disse...

Obrigada Lis!
que bom te ver por aqui.
pontos finais são definitivos, e as pessoas preferem sempre deixar alguma coisa pra depois.
bjs

Paulo Tamburro. disse...

CYNTHIA,

você está predestinada e ter somente em sua vida, pontos de continuação.

Espero mesmo!

Um abração carioca.

Cynthia Lopes disse...

Lindo Paulo!
bjussssssss